Gestão participativa: promova a integração em seu condomínio

Gestão Participativa Adote a gestão participativa em seu condomínio para uma maior interação dos moradores

As assembleias gerais dos condomínios costumam ser motivo de dor de cabeça para síndicos e para o conselho de condomínios. Reunião em que assuntos importantes são discutidos, as assembleias contam com baixa participação dos moradores e donos de unidades para a decisão de temas comuns, mas a gestão participativa pode melhorar esse cenário.

Seja por falta de tempo ou por desinteresse nas discussões coletivas, cerca de 70% dos moradores não comparecem às assembleias de seus condomínios. Ao não participar das discussões, muitos condôminos tendem a discordar das decisões tomadas sem sua presença.

É importante que todos participem das assembleias ordinárias e extraordinárias para contribuir efetivamente com o cotidiano do condomínio e alertar, opinar e contribuir com o síndico para tomar decisões corretas com a opinião do coletivo.

Para garantir uma maior assiduidade e garantir quórum para tomada de certas decisões, algumas atitudes podem ser tomadas para mobilizar os moradores e ampliar a participação nas assembleias.

Gestão Participativa

Aumentar a participação de todos os condôminos na tomada de decisões dos diversos assuntos referentes a sua moradia é fundamental para integrá-los ao processo de gestão do condomínio e estimular a interação coletiva entre moradores, conselho e síndico.

Crie diferentes comissões para criar uma gestão participativa dos moradores em alguns assuntos que possam despertar seus interesses. Alguns condomínios já possuem síndicos mirins e comissões de obras, decoração e jardinagem para integrar moradores.

Atrair o interesse e convidar a participação é uma tarefa árdua, mas algumas medidas podem auxiliar a incentivar os moradores a ter um maior envolvimento com os assuntos coletivos e colaborar com o condomínio para uma gestão participativa.

– Eventos para a integração dos condôminos: promova confraternizações durante datas festivas e outras atividades coletivas. Criar um ambiente agradável e harmônico entre os moradores favorece a redução de conflitos e estabelece um contato maior entre seus vizinhos.

– Estabeleça horários adequados para a maioria: É impossível marcar uma data de assembleia em que todos poderão comparecer, mas é indicado buscar soluções para o comparecimento do maior número de pessoas. Consulte os moradores e agende a assembleia na melhor opção de horário.

– Não torne a assembleia longa e cansativa: Leve os assuntos relevantes para a reunião. Como síndico eleito, você pode tomar decisões que não precisam ser debatidas em assembleia e estender a discussão com tópicos desnecessários. Mescle temas importantes com assuntos de interesse dos moradores.

Conduza a assembleia de forma tranquila, reúna os participantes em um círculo para que todos possam participar do debate, mantenha a pontualidade e disponha de todos os documentos necessários para garantir uma assembleia bem-sucedida.

Não há comentários, Seja o primeiro!

Seu endereço de e-mail não será publicado.